INTEIRO PELA METADE

Inteiro pela metade

 

 

Arnaldo Antunes: A GENTE NÃO QUER SÓ DINHEIRO, A GENTE QUER INTEIRO E NÃO PELA METADE.

 

Tudo que é entregue pela metade não chega a lugar algum, não sai do lugar, não se completa e não diz nada. Eu acho, e acho mais, se aplica as nossas vidas no dia-a-dia.
Que graça teria ler um livro de 80 capítulos se no capítulo 11 ele entregasse o desfecho? O que seria do restante, que motivação teríamos para ler até o final? Uma novela então, a Globo perderia toda a audiência!!!
Pois bem, um solo de guitarra também! Seja num improviso ou na composição de um, isso se aplica de forma muito clara.
Se por exemplo num show o ápice do solo de uma música acontece logo no início, a audiência com certeza iria se distrair rapidamente com outras coisas.
Num CD a mesma coisa, provavelmente ele não vai provocar nada além de sentimentos e sensações perdidas.
Pois bem, importante começar olhar ao seu redor, ouvir bem e prestar atenção no seu público pois ele é o seu termômetro.
Isso se torna mais difícil na hora da improvisação pois aí que o bicho pega realmente pois não existe a chance de retornar como num estúdio! Sim, por isso existem ferramentas muito úteis que nos ensinam a conduzir e a contar uma história com início, meio e fim e de forma eficiente. So conheço uma maneira de ser efetivo, ela é: PRÁTICA DIÁRIA.

Também vejo que em função da poluição provocada pelas redes sociais, a globalização, a rapidez com que as coisas se manifestam, vem e vão num ritmo acelerado, ninguém mais tem tempo para nada, quem diria ouvir o seu parceiro porém, o ser humano está sempre esperando o contrário; quer atenção e quer ser ouvido e compreendido mas, na hora de entregar, da recíproca, não percebe que não entregou para receber então não há tempo para perder ou jogar fora.

Uma frase famosa que sempre ouvi: You get what you give.

Dada a dica, se você ainda não concorda olhe ao seu redor, começando pela sua vida pessoal onde a entrega ao que você se propõe, se não for de forma completa, ou seja, surda e muda, o seu público (as pessoas ao seu redor)  vai se distrair e aos poucos vai contar uma outra história ao invés de ouvir o que você tem a dizer.

Segue a famosa frase: Ação e Reação.

Abs guitarrísticos

Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s